sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Finalmente

Ela largou a caneta e aprendeu que dá pra escrever bem bonito sem usar sintagma algum.
Sem rimas, sem enfeites, sem esforço nenhum.
Pois quando não havia mais palavras, nem poesia e nenhum resquício de dor
 Foi que a menina teve absoluta certeza, finalmente, que o que sentia  era amor!

23 comentários:

Tatiane Trajano disse...

Breve, e lindo!

Saudades de te ler Mah.

Beijos

Marcela Alves disse...

bQue Lindo! ")

Ana Vicente disse...

Também sinto saudade de ler o que escreve!!!
Adoro!!!!

Anônimo disse...

Que doçura...

Mah disse...

Essa intransitividade do amor é fantástica! E a sua sensibilidade, ímpar...

Adoro o que vc escreve, Maria... não demora tanto!

Beijooo!

Gabriela Freitas disse...

Que lindo Ma, saudades daqui moça!

Fernanda. disse...

Que ela seja repleta de felicidade com esse amor que FINALMENTE descobriu sentir. Beijos

Renata disse...

Disse tudo. Por isso sempre desconfio quando o mau-humor não aparece pro chá.

Aqui continua lindo como sempre (:

Vanessa disse...

Aaaah, que doçura, Maria! Adorei :)

Henrique Miné disse...

poesia só serve pra foder ainda mais nossa vida.

beeeeijos!

Paulo Vitor Cruz disse...

Não dê ouvidos ao Henrique Miné, ele não sabe o que diz.

*o que é o amor senão a poesia acontecendo dentro da gente?

bitoquinha.

A Poetisa Aprendiz. disse...

Cativante.

Charlie Bravo' disse...

Acho que no fundo a verdade é que eu me apaixonei pelo conceito de amor, eu não o conheço, eu menti pra mim o tempo todo.

Charlie.

de la man disse...

Bom!
=D

Deyse Batista disse...

Achei o seu versinho uma graça. Me derreto toda e sempre por essas rimas que parecem ser extraídas diretamente do coração.

Beijos, Deyse.

*Natália* disse...

Lindo mesmo.

Beijos ;)

Tracy Ellen disse...

nobre e delicado!

Carolda disse...

Ah, que amor ;D
Ando sumida dos blogs da vida, hoje resolvi escrever... faz bem pra alma.

BEIJAS

Letícia Giraldelli disse...

Porque chega num momento em que não há palavras para expressar o que faz o pulso ainda pulsar.

=)

don vito andolina disse...

Hola,precisas y concisas letras desnudan a golpe de talento la germinal belleza de este blog, si te va la palabra encadenada, la poesía, te espero en el mio,será un placer,es,
http://ligerodeequipaje1875.blogspot.com.es/
gracias, buen día, besos de agua..

don vito andolina disse...

Hola,precisas y concisas letras desnudan a golpe de talento la germinal belleza de este blog, si te va la palabra encadenada, la poesía, te espero en el mio,será un placer,es,
http://ligerodeequipaje1875.blogspot.com.es/
gracias, buen día, besos de agua..

don vito andolina disse...

Hola,precisas y concisas letras desnudan a golpe de talento la germinal belleza de este blog, si te va la palabra encadenada, la poesía, te espero en el mio,será un placer,es,
http://ligerodeequipaje1875.blogspot.com.es/
gracias, buen día, besos de agua..

Poetinha Feia disse...

Muito bom!!!

Talvez escreva sintagmas, porque o amor ainda não chegou... E o amor é liberdade!