quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Fiz zumzum e pronto...


Tem sempre aqueles dias em que a gente caça uma história pra viver. E a gente se lê nos romances, se assiste nas novelas, se enxerga nos filmes, se acompanha nos seriados, se escuta nas canções e se afunda em melancolia.

E tudo vira  desculpa pra não se curar né? Deixa ser frio, deixa doer, deixa a lágrima cair sem motivo algum. ''Deixa eu ir só mais uma vez pra ver se ele volta ao normal comigo''. Só que, sabe, tem hora que cansa. Tem hora que a agonia incomoda, que a corrida perde o sentido e que a coisa toda deixa de fazer falta. Pois é, deixou de fazer falta. Não sinto mais coisíssima nenhuma. Até relutei, pra tentar tapar o buraco no peito, mas deixa. Antes vazio.
 
Daí que eu resolvi levantar os braços e rir, mesmo sem entender bem do quê. Simplesmente enxergar as boas coisas pequenas  e deixá-las enormes. Do mesmo jeito que eu, tão habilidosamente, fazia com meus sonhos, minhas dores e meus amores.
Porque aquela dor não era nada. Porra nenhuma, sabe?
''acabou chorare, ficou tudo lindo...''

26 comentários:

Marcela Alves disse...

kkk, adorei. Passei por isso nos ultimos dias.. ahuahuhua quando acaba tudo a gente acaba dando risada né..

beeijos flor

Thay disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thay disse...

Má,

Eu tenho isso de segurar um sentimento que nem existe mais.
Penso: sofri tanto, era tanto amor e acaba assim?
Mas é, né? Ainda bem, pq a gente tem q amar bonito de novo.

Lembrei de Jaya pq ela fala bastante disso. Mas lembrei dessa parte de um texto:

"Porque chega uma hora em que amar também cansa. Um amor indefinido cansa."

É bem isso, no final das contas.

Ó, tu foi linda aí, de novo!
Está certíssima em levantar braços e sorrir. E nem precisa de motivos. \õ/

Um beijo.

Henrique Miné disse...

sabe que, sei la porque, mas me emocionei lendo isso aqui.

Acho que é porque estou na fase (e as vezes pensou que SOU a fase) de se afundar nas próprias amarguras assim, saca? Puta tapa na minha cara isso, hehe.

Beeeijos, e me ocorreu aqui que você deve ser uma ótima companhia de bar, haha. x)

Adna Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adna Martins disse...

Mas era isso o que eu esperava ansiosíssima depois do "Pois cansei". Esperei, porque eu também precisava e preciso. Esperava, porque depois de ler um monte de belezas que nasceram e viveram em você e que me fizerem entender tantas coisas, me deu a certeza de que uma hora ou outra, o sol despontaria no horizonte do seu coração novamente. Como era e voltou a ser, de uma maneira mais bela, acredito.

Um beijo.

Flá Costa * disse...

é isso aí má. como é que dizem naquela frase? "se a vida te dá um limão, aperte e faça uma limonada"?

então! pois faça!

rs

Beijos

G disse...

Que bom que agora você está bem! Levante os braços e sorria bastante!!! Beijos!

G disse...

Que bom que agora você está bem! Levante os braços e sorria bastante!!! Beijos!

Geovane disse...

Como tu consegue ser tão linda? Como tu consegue escrever de um jeito sutil e LINDOOOOOO *-*

andressa n. disse...

muito eu.. até chorei lendo o texto.. colando tudo o que se sente no peito em palavras.'

Luna Sanchez disse...

Deixa fluir que o que vem há de ser bom!

;)

Um beijo.

Gabriela Freitas disse...

não era porra nenhuma, mesmo!
adorei seu texto, acho que temos medo de deixar um sentimento ir embora, porque o vazio assustado, mas como tú disse guria, antes o vazio.

Vanessa disse...

É bem assim. Sentir de verdade o momento e aproveitá-lo, é o melhor. O problema é quando nos fazemos perguntas demais e não nos permitimos sentir o presente!

Beijos, Maria.

Isadora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isadora disse...

Quando a gente decide dar uma chance pra felicidade, flor, as coisas melhoram imediatamente :)

TaTa disse...

" E se não for possível a gente inventa..."
O impossível é para os fracos!

Dayane Pereira disse...

Nada melhor que esse despertar; Auto conhecimento é tudo;

Poetinha Feia disse...

Olá!

Adorei o texto. Não adianta ficar deprê o tempo todo. temos de levantar mesmo e despertar!
A melhor coisa que nos acontece nestes momentos é o auto-conhecimento.

bjocas

quaresma. disse...

eu ainda tô fase da ilusão, tô aqui, mergulhada numa música e tentando acreditar que tudo ficará bem. acho que a próxima será essa, de levantar a cabeça, sacudir a poeira e seguir em frente, enquanto isso ...

beijas, Má ;*

ticoético disse...

Bom,eu acho que você não foi totalmente sincera no que escreveu,há de ter sido alguma coisa...só espero que veja enfim.

deixo um abraço.

Fernanda. disse...

As vezes sentimentos de melancolia são tão necessários que não queremos que eles se vão. Beijos

Gislaine Fernandes disse...

Gostei muito Má do seu post, conto os dias para estar assim!
beijos

Jaya Magalhães disse...

Bêibe, resumo tudo pegando emprestada palavras do poeta exagerado:

"O nosso amor a gente inventa pra se distrair. Quando acaba a gente pensa que ele nunca existiu."

Pontuo. E como diz o título da sua história: "cansei de inventar."

Beijone.

--

Sorte com tudo nessa nova etapa aí em Valença.

Yohana Sanfer disse...

o bom é que nos resta a reflexão, aprendizado...bjo moça!

Vanessa Costa disse...

"Ficou tudo lindo" ... e... que seja ETERNO enquanto dure... já ta valendo ;)