sábado, 20 de agosto de 2011

Eu já sei como vai ser...

Quando a parte bonita acabar...

Eu vou dizer que estou destruída. E alguém vai dizer que existe cola e paciência pra juntar os pedacinhos.

Aí eu vou dizer que estou com medo de recomeçar. E alguém vai me dar um beijo na testa, um abraço e mandar eu largar de frescura

Eu vou dizer que é difícil. E alguém vai me mostrar o milhão de coisas ainda mais difíceis no mundo que foram superadas.

Aí eu vou dizer que queria tudo de novo. E alguém vai me perguntar se eu aguentaria assistir ao mesmo filme água-com-açúcar de novo e de novo e de novo e de...

Eu vou dizer que quero colo. E alguém vai me dar colo.

Aí eu vou dizer que vou chorar. E alguém vai me dar um copo de vodka.

Eu vou dizer que é impossível. E alguém vai me relembrar das últimas duas vezes que eu disse isso e estava enganada.

Aí eu vou dizer que é porque eu nunca me senti dessa forma. E alguém vai me dizer que a gente nunca sente a mesma coisa e é por isso que é bom.

Eu vou dizer que vou ligar. Daí alguém vai tomar o telefone da minha mão..

Aí eu vou dizer que eu preciso muito falar algumas coisas. E alguém vai dizer que não há mais nada a ser dito e que eu deixe de ser idiota pois já faz um tempo.

Eu vou dizer que ainda dói. E alguém vai me indicar uma música, um filme, uma poesia.

Aí eu vou dizer que não-passa-de-jeito-nenhum. E alguém vai fazer piada, dizer que não aguenta mais.

Eu vou dizer que eu não lembro mais. E alguém vai dizer ''Nem eu''.

Aí eu vou dizer um monte de coisa. E alguém vai dizer outro monte de coisa.

Aí eu vou sorrir. E alguém vai sorrir de volta.

Aí eu vou me apaixonar de novo. E alguém vai se apaixonar também.

Eu vou dizer tudo o que sinto. E alguém vai dizer também.

Aí eu vou ficar bobinha. E alguém vai se divertir com isso.

Aí eu vou sentir umas coisas bonitas, uma vontade de gritar, de ficar em silêncio. E alguém vai sentir comigo.

Daí quando a parte bonita acabar...

20 comentários:

maria elis. disse...

a gente sempre sabe o que vai acontecer, mas os detalhes só são vistos quando as coisas acontecem - sejam bonitas ou feias (:

beijas, Má ;*

Luna disse...

Só sei que parece que é tudo igual, só mudam os personagens.

né?

Gabriela Freitas disse...

Porque sempre acaba, mas aproveite a parte boa, é dela que temos que lemrar.

Tatiane Trajano disse...

E tudo acaba acontecendo outra e outa vez... É,a vida não para e em muitos casos se repete.

Beijooooss

carla reis disse...

Maria sempre escrevendo o que muitos querem escrever, mas não conseguem.

Marcela Alves disse...

auhauha é exatamente assim que acontece! auhahua =) lindo como sempre Flor.. Beeijos!

Mariana Andrade. disse...

esse círculo escroto de relacionamentos.

Felipe Braga disse...

Quando acabar, vai chegar a hora de começar de novo, uma nova história, um novo brilho, uma nova busca. É um ciclo maravilhoso, o que nos mantém vivo, aliás.

Estamos juntos, Midlej.

Gislãne Gonçalves disse...

É um ciclo!

Lindo texto

Beijos

equipeloveme disse...

Olá!
Adoramos o post e o conteúdo do blog :)
Acabamos de postar sobre as novidades no turismo, dá uma passadinha por lá.. e se gostar, siga-nos =)
Um ótimo domingo para você!

Stella Rodrigues disse...

Que circulo vicioso haha, e ai alguem vai se deliciar com suas palavras, e ai você vai ficar toda boba com as pessoas que admiram o que tu escreve, e ai vai escrever mais uma poesia com o que sente. Adorei

Fernanda. disse...

Igual a mim. Pare de prever o que irá acontecer!!! Se não nada acontecerá! Quer coisas diferentes? Então apenas viva e deixe as coisas encaminharem como podem (queria poder saber praticar isso).

Gislaine Fernandes disse...

Já vivi tudo isso...e sei que vou viver ainda muitas vezes...
beijos

Luna Sanchez disse...

Somos previsíveis, repetitivos e muitas vezes até patéticos.

Coisas do ser humano.

Coisas de ser humano.

Adorei o texto! Acho que não fiz muitas besteiras na vida porque me ofereceram mais chá de camomila do que vodka...rs

Um beijo.

matheus disse...

falou tudo maria, acho que nao precisa acrescentar mais nada, e gostei da parte do copo de vodka!
haha

Dalton Mesquita Filho disse...

só voce consegue com todo esse talento descrever tão bem as desilusões e confusões de um amor..
Abração

*Natália* disse...

Eu tb ando super destruída.

Simbora tomar uma tequiiiila, tequiiiiila!!

Beijos e boa sexta!

Janis Brandolt disse...

olha mulher, toda vez q venho aqui a inspiração toma conta do meu corpo! ja pode parar de ser assim,tá? hahaha
já tá participando do sorteio do meu blog?
http://modiscando.blogspot.com/2011/08/1-sorteio-parceria.html
beijocasssss

Tamara Lacerda disse...

Tudo é tão previsível e tão incerto. hahaha E depois, acabam sendo cliclos legais vei. Adorei ler isso, Má!

Nati disse...

É assim mesmo que a banda toca e nós dançamos a música dela. Beijos