domingo, 24 de abril de 2011

Ao ligeirinho

''Com você por perto, eu gostava mais de mim''

Dito e certo: saudade dói.
E quando a gente sente saudade de uma parte que é nossa e deveria, sim, estar aqui mais do que todas as outras partes, pessoas e coisas?
Ah, como é chato encontrar a parte boa da gente e essa parte ser outra pessoa que tem que ir embora pra viver sua propria vida e seguir o seu proprio caminho.
A vontade que dá é de ser tetris, que quando junta as partes, não se solta mais e se vai embora, é todo mundo junto, num relâmpago só, e ZÁZ.
Mas, somos pessoa.
Eu uma, e você outra.
Desculpe a minha idiotice, sabes que são tempos difíceis pra quem respira direito (haha) e eu não consegui pensar em metáfora melhor pra dizer que eu sinto sua falta.
E eu sinto que falta um pedaço de mim, quando você não está.
Eu nunca conheci alguém que me fizesse sentir conversando comigo, sem que eu fosse louca, afinal você sou eu numa versão portátil e masculina, se é que você consegue entender a outra grande metáfora. HAHAHA
Ai, lá vou eu rindo pra estragar a métrica e a poética... viu o que você faz comigo? Aflora a comediante que existe em mim e me faz deixar a profundidade, intensidade e ternura de lado. Contigo eu sou nada mais que um pouco meiga e estridente.
E eu gosto muito mais de ser assim do que de ser a melancolica full time que eu tenho sido agora que eu não tenho você pra me lembrar que tudo posso naquele que me dá carona, me conta piadas e divide comigo o copo de cerveja, o tempo e outras coisas que não convém dizer. Ai, piada de novo.
É muita piada quando eu penso em você, e muito sorriso, gargalhada alta e frase feita. Eu nunca vi uma coisa dessas, essa coisa que surgiu do nada, durou por nada e está aqui ferindo o coração de saudade apertada, que dói mais do que as outras saudades, porque se eu sinto sua falta, eu sinto falta de mim também.
De como eu fico do seu lado, meio bêbada sem alcool e ainda mais bebada que o normal, mesmo com alcool. E feliz.
Muito feliz, de poder ter alguém que me entenda, me complete e me aceite, como você faz.
Eu te amo e deixo claro: é de verdade.
Te amo de longe, de perto, pelo computador, pelo telefone, por sinal de fumaça ou em pensamento.
Mas não vá pensando que isso significa que você tem moral.. Não, moral é outra história...
Moral, só lá no final do filme, depois dos créditos e no fim dos extras, que é quando a gente vai ver o que fazer das nossas vidas.
Por enquanto, que a saga dure mais que rambo, mais que tubarão, mais que tudo, que é pra eu não ter o desprazer de dizer ''Se não tem tu, vai tu mesmo''.

Pronto, dediquei algo a você. Diretamente, claro, porque de indiretas o inferno está cheio, não é Pássaro de Fogo? :)
Um beijo e um queijo.
Dá beijo na Nana por mim.
E por favor, com perdão da palavra, LARGUE DE SER OTÁRIO.

15 comentários:

Ana Flavya disse...

queria ser um tetris tbm :/ mto bom seu texto !

Laís Araújo disse...

É a saudade doi e como doi!

lindo o texto!

abraços
http://lais0111.blogspot.com/

Rafael Pin disse...

gostei da citação de Renato Russo, "com você por perto gostava mais de mim"
eu já tive alguém assim sabe? Mas a vida nos fez tomar caminhos diferentes, não deixe que isso aconteça com você também, pq faz falta... ;**

Jerlley disse...

Mais direta que isso quase impossivel.

Bom texto, moça.

Visitem [sigam] antimateriadonada.blogspot.com

mila disse...

amei seu texto, cheio de metáforas e piadas, ficou tão sincero e doce! E realmente, não em coisa melhor do que amar, né? :3

beijos, flor
boa semana

Dan disse...

:(
nao gosto, primeiro de ter uma parte minha em alguem. me sitno frágil e impotente.
segundo, de depender de alguem pra ficar feliz ou engraçado.

gostaria se esse alguem estivesse perto, no entanto. Assim, de longe eu não gosto.

bjo querida!
:D

Danilo Bruno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago disse...

volto pra comentar isso.

Carolda disse...

Ahh, coisa boa te ler!
eu bem sei essa coisa de amar de longe... quem sabe pra você ainda possa ser de perto?

beijo, moça.

Charlie Bravo' disse...

Alguém se engraçando pro seu lado, hein? E eu sou o raio do melancólico full time, rs. Confesso que quero uma pessoa para chamar de minha, mas quanto mais procuro, mais fico longe, sabe!?

Beijo,

Charlie B.

matheus disse...

Maria amando! haha que belo! Cheia de piadinha e ditadinhos, óó, quem diria! Mas ta certa, sem dar moral mesmo!
Curti muito Maria.
Beijos

Ela disse...

Adorei o deixa de ser otário...
Ame!

Bjo More

Thiago disse...

Tu tens a ele? Uma vez estava a falar acerca de não ser necessário dizer o que sentimos pois um só olhar já é suficiente, mas apesar disso as vezes é preciso dizer e tu soube muito bem fazer isso. Creio não ter ainda capacidade para isso uma vez que quase sempre me sinto um pouco confuso quanto a uma ou outra coisa. Não a mim. Quanto a mim já sei o que tinha que saber, eu acho. É verdade quando dizem que só damos valor às coisas quando não as temos. Mas pronto, há coisas difíceis de mudar, talvez com o tempo, quem sabe...Enfim, pelo que li creio que tu saiba o que precisa fazer.

sarah disse...

Porra saudade dói e muito, mas nos faz mostrar o valor que o outro provoca em nós

Thiago disse...

Ti mãe coisa linda!
Engraçado é ver a galera vendo mais do que tem pra ver.
Pelo menos até o final do filme =*