segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Se eu tô apaixonada?

Claro que eu estou apaixonada.
Pelo garçom do bar que me deixou pegar mais uma cadeira quando não havia quase nenhuma sobrando e eu pude ligar praquela outra pessoa dar uma chegadinha e tomar umas. Pelo meu professor de matemática que me ensinou que menos com menos dá mais e que a gente precisa sim comprar borracha branca daquela mais cara, se não quiser transformar o caderno num mangue. E pelo caixa do banco que me ensinou que a senha de seis dígitos pode muito bem ser a de quatro com mais dois novos números pra facilitar, tornando meu dia muito mais colorido e despreocupado. Pelo cara do BBB que aparece lá do alto daquele nível supremo de beleza sorrindo de sunga e tomando sol como se não houvesse um mundo aqui fora e uma garota como eu querendo dar uns amassos com ele. E isso porque eu não quero mencionar o caixa do mercado, o rapaz da padaria ou o moço do ponto de ônibus ali de baixo. Também estou apaixonada pelo Jake Gyllenhaal, porque eu me enrolo pra falar o nome dele e ele fica realmente muito lindo sorrindo sem-graça e atuando, e também nos meus sonhos. Me apaixonei pelo meu colega do cursinho, porque ele me sorria todos os dias de manhã quando eu chegava e não parava de sorrir nunca mais, até eu ir embora. E me ajudava, e ele era lindo. Daí depois eu me apaixonei pelo outro professor de.. como é mesmo o nome da matéria? Eu não sei, porque sempre me sentia em êxtase quando ele entrava na sala com suas roupas descoloridas e imponentes e seu discurso eloquente do caralho. Eu fiquei muito apaixonada pelo cara que eu beijei naquela festa, porque ele me contou umas piadas muito ótimas cara, e eu adoro homem engraçado. E também pelo meu melhor amigo que parece que é um pedaço da minha alma em outro corpo e me faz sentir como falando com o espelho sempre que conversamos. Estou tentando resumir pra ver se você acompanha, mas teve também o jogador de futebol que fez um gol nos ultimos minutos do jogo e foi a deixa pro rapaz finalmente me abraçar no sofá da sala e derramar pipoca no tapete; o cara do filme que se declarou pra a mocinha de um jeito tão bonito que eu quis ele pra mim; o Graham Bell, pelo telefone maravilhoso que ilumina minha vida aos fins de semana; o dono da Heineken pelos motivos claros e obvios que não me darei o trabalho de explícitar. Pelo rapaz que tem me inspirado a escrever, também. E não vou mentir pra você que também me apaixonei por Chico Buarque essa semana, por Nando Reis, por Arnaldo, John Mayer e aquele gordinho barbudinho, como é mesmo o nome? Ah, Rodrigo. Rodrigo Amarante, meu grande amor também. E eu nao vou esquecer do rapaz que me deu um lugar na fila da lotérica em dia de Sol escaldante, nem do meu amigo que me trouxe sorvete no calor. Me apaixonei por eles também. E por aquele menino que eu tenho no orkut e fico indo lá todo dia só pra ver quem anda mandando recado pra ele e se ele me vê nos registros de visita e lembra que eu existo e estou esperando ele vir no meu scrapbook. Também por aquele que fala comigo só de vez em quando, é fofo, lindinho, perfeitinho e finge muito bem que eu não existo quando dá vontade. E pelo outro, e o outro.. Ah e aquele outro também.
...Bom, é isso. A todos vocês que andam me perguntando se eu estou apaixonada, eis a resposta. Eu to mesmo, a todo segundo, todos os dias. Por mil motivos diferentes e por mil pessoas. Isso faz de mim uma safadona devassa? Talvez, mas eu prefiro pensar que sou apenas cercada de gente apaixonante, uai rs (Afinal, tudo depende de como você encara).
Brincadeirinha pessoal, tô apaixonada não... tudo mentira.
Quer dizer, a parte do Jake Gyllenhaal é verdade.

20 comentários:

mariana serpa disse...

(...) eu to mesmo, a todo segundo, todos os dias. por mil motivos diferentes e por mil pessoas. isso faz de mim uma safadona devassa? talvez, mas eu prefiro pensar que sou apenas cercada de gente apaixonante, uai rs (afinal, tudo depende de como você encara).

bato cartão com orgulho, beijos gata =*

Quaresma disse...

mentira nada, eu sei que tudo é verdade e que a outra paixão você tentou esconder no meio das palavras (rá) ;p
ASIASUAISUAISUAISUAISA'

bem, eu tô experimentando essa coisa de me apaixonar todos os dias por um só motivo e até que tá divertido :)

beijas, má :*

Sasha Portrait disse...

faz mais sentido apaixonar-se todos os dias, por todos os motivos, do que resignar-se numa solidão cinza.

e se preocupa não, que vc não será safada por isso, rs.

Henrique Miné disse...

e é engraçado como não me surpreendo neem um pouco! :b

beeeeijos.

Luu disse...

haha, adorei
fazer o que se todos os garotos que aparecem em nosso dia-a-dia são lindos e simpátiocos e engraçados e....? hahahah

beijos, boa semana :*

Nine disse...

Oi má!

menina...hoje eu li um capítulo do milan kundera, sobre amizade...
cara, esse seu trecho: " me faz sentir como falando com o espelho sempre que conversamos"
resume o que ele disse!
*--*
ameeeeei!

quanto ao estar apaixonada...sei como é...meu coração bateu forte quando vi a atualização do teu blog no meu... Sedu título-pergunta me balançou, pirque tem sido meu questionamento...
eu sabia que leria um ótimo texto, mas este me fez perder o fôlego...
Talvez você tenha paixões muito semelhantes às minhas
(ainda mais quando se fala em Heinekein, Buarque e amarante!)
asuahushauhsuahsuhaus...

Beeeijo.

Jéu disse...

Ótimo!

Eu, infelizmente, tenho o coração de pedra.

Ela disse...

Sim querida, sou eu mesma. :)
Não pensei que fosse lembrar!!

Eu aprendi a me apaixonar todos os dias pela mesma pessoa, por cada detalhe que ela permite que eu veja.
E quando estou com ele me apaixono pelo que o mundo se transforma quando estamos juntos.

É um exercício formidável...
Mas essa sua evasiva não me convenceu não...hauhsauhsauhs

Bjocões, devassa!!!! rsrsrs

mari. disse...

Ahhh... Tu tá apaixonda sim, garota, pela vida!

=)

matheus disse...

po e por mim não?
:(
hahaha
gostei Maria, para variar só um pouquinho né!

Brenda Matos disse...

Boboca apaixonada. <3

Rodolpho Padovani disse...

Haha, caraca, é paixão que acaba mais... é bom estar sempre cercado de pessoas apaixonantes e talvez até realmente se apaixonar por uma delas, nem que seja o Jake, como é o seu caso, hahaha...

Bjs =)

Dany disse...

Muito massa , o texto!

SaraL. disse...

Há tempos acompanho teu blog! Resolvi abrir a porta do meu agora.. te seguindo!
Bjs

Dan disse...

eu to apaixonado pelo sua permissividade! sou assim tbem! Ou tento!
Que todos fossem no mundo iguais a você!
bjo

Natália disse...

tudo depende de como interpretamos cada situação. se você diz que não está, quem somos nós para duvidar?

texto muito lindo. beijo

Renata disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renata disse...

Sabe. Eu não sou do tipo que se apaixona fácil e nem sai achando que o céu está cor de rosa. Mas lendo assim esse seu texto, tão leve e tão lindo me deu a maior vontade de ser, viu?

Laura K. disse...

Se apaixonar pra mim é bem mais fácil do que (des)apaixonar...

Eu Grito disse...

É tão bom viver constantemente apaixonada! Dói, mas é bom! Amei o texto =)