sábado, 27 de novembro de 2010

Apaixonou-se então,

De uma forma que
Enlouquecia a mente.
E enlouquecidamente ficava assim, perdida.
Na mente, perdidamente, viu-se entregue
Com-ple-ta-mente.

E aí?
Sofreu...





Continuem com suas vibrações, parece estar dando certo.
Ganhei um prêmio literário por uma poesia, bem antiga no blog. rs
E outros dois por uma dissertação e um conto que criarei coragem para postar.
*-*

Postado sem autorização no blog dessa pessoa

20 comentários:

Quareesma disse...

porque quando acaba, só resta o sofrimento .-.

beijas, Má :*

Lua disse...

E o sofrimento é inevitavel as vezes...

bjos ;)

Laura K. disse...

Um belíssimo jogo de palavras encantadoras.

É, minhas poesias ainda estão guardadas, mas tenho grandes projetos pra elas..

Marcelo Zaniolo disse...

Que mistura linda de palavras, Má.
Muito, muito lindo! Hehe

Não me admira que tenhas ganho um prêmio =)

Parabéns 4 vezes então, tá? Pelo poema e pelos premios que ganhastes.

E tu mandou bem sim com teu eu-lírico masculino! Haha... Se eu realmente não achasse bom não iria ter feito um elogio de graça assim, iria? Continue =)

Beeeijo

Lizzy S. disse...

Bem merecido esse prémio moça. Adorei a colocação das palavras.
beijos.

Ana Vicente disse...

Mais do que merecido!!!
Bjs

Gislãne disse...

Premio merecido

:)

@juusep disse...

sério, belíssimo!

Deivisson disse...

que legal, realmente, continue assim. abrçs

Moni. disse...

Que bom que vc apareceu, Má!
Assim eu pude chegar aqui, né?

Sofrendo ou não, a entrega carrega um cenário tão lindo de beleza, que a gente nem lembra que mais tarde, as luzes podem se apagar...

Beijos e ótima semana pra ti!

Moni

Tiago Moralles disse...

Como sempre.

Henrique Miné disse...

"porque quando acaba, só resta o sofrimento .-."

pior é quando começa sofriido...



beeeeijos, e parabéeeens! *-*

Gislaine Fernandes disse...

Parabéns!
belo poema...
beijos

Alanna Stefany disse...

é sempre assim, o sofrimento vem junto.
lugar lindo esse seu.

;*

ratoderua disse...

Como diria uma amiga minha:

"Esse negócio de se apaixonar dá muito trabalho. E ainda dá ruga. E ainda engorda. E ainda... Deixa eu parar, já criei mais ruga, já tô quase indo comer outra caixa de chocolate, e tô quase chorando de raiva com vontade de matar um. Enfim... Se apaixonar é bom, meu amigo Rato..."

Hahahahahahahahahahha...

Respondendo sua pergunta:

Aquela frase entre aspas no post "Fato! [04] é o trecho da música "Pé na Tábua" da Marina Lima.

Se cuida e boas vibrações pra você!

Bjs.

Erica Vittorazzi disse...

Ual, parabéns. Você merece. Você escreve incrivelmente bem.


beijos

Luana disse...

Gostei daqui... Vou seguir! Passa pra conhecer o meu, depois! :)
Beijos

matheus disse...

nada mais merecido os prêmios né, escreves muito bem Maria!!!

Natália disse...

Nos entregamos demais e sofremos demais. beijo

Lívia Inácio disse...

Sofri!

Eu sofri aqui!