sexta-feira, 27 de agosto de 2010

De quando alguém gosta da gente

Querida Colombina,

eu só estou escrevendo, porque você insiste em não atender minhas ligaçoes e em me tratar com secura sempre que nos encontramos. Eu não sei se você já parou pra observar, mas eu tenho um coração, sabia? E uma cabeça. E os dois só querem saber de você, nos últimos dias.
De uns tempos pra cá, vem me doendo o peito sempre que dá meia-noite, porque é quando o dia acaba oficialmente e eu marco no calendário ''mais um dia sem você''. Patético, não é?
Patética também é sua risada. E suas respostas vazias a qualquer tentativa minha de chamar sua atenção. Tem feito questão de transparecer que está-sem-saco-sem-animo-pra-me-ouvir-lhe-dizer-o-quão-maravilhosa-você-é. É tão óbvio que às vezes eu acho mesmo desnecessário que você use as palavras comigo. Acho que doeria muito mais e o recado seria o mesmo. Palmas pra você, que me faz parecer o cara mais idiota do mês.
Não entendo exatamente do quê você tanto foge, não quero que me veja como um cortejador (apesar de que a idéia central seja exatamente essa, eu não estou ao seu lado só por isso), eu me importo verdadeiramente contigo. Porque, Colombina, eu gosto muito de você. Só preciso de um espaço pra que esse gostar não me sufoque. É que gostar de você é tanto, que não cabe em mim, consegue entender?
Eu fico te ligando, te bipando, te gritando, e você nem aí. Me manda um sinal de fumaça, um bilhete debaixo da porta, sim? Algo que me dê certeza de que eu ainda posso ficar do teu lado, mesmo que não exatamente como eu queria que fosse.
Tenho lhe observado um bocado e visto o curso desses teus amores. Amores, faz-me rir. Amor mesmo é o que eu tenho crescendo em mim pra lhe dar, e você aí atrás de quem sequer lhe enxerga. Bobona, otária, isso sim que você é, menina. Olhar pros lados, já tentou fazer isso? Não, sério... deveria.
Vou parar por aqui. E vou ficar esperando que você me veja mais depois de ler isso.

Te quero bem.
Pierrot


___
E por falar em querer bem, esse moço bonito aqui fez uma graça pra mim, pra Bê e pra Gab.
Amizade é um presente tão bonito.. né?

24 comentários:

Brenda Matos disse...

Juro que já pensei em escrever sobre Colombina e Pierrot. HAHA
Nossos pensamentos estão ligados de alguma forma, só pode. :)

Lindo.

Erica Ferro disse...

"Amor mesmo é o que eu tenho crescendo em mim pra lhe dar, e você aí atrás de quem sequer lhe enxerga."

Ó, diria exatamente isso pr'uma pessoinha aí, hehe.

Belo, Midlej!

.p. disse...

eu nem me lembro direito como eu conheci o mombojó,mas me simpatizei do nome da banda. ouvi e gostei. ai quando eu fui no show eu realmente me a-pa-i-xo-ne-i! é sim, com as letras contadas assim!!! tirei até foto com o felipe s. massa, muito massa. a minha master preferida deles é baú.

"pierrot e colombina... eles nunca se acertarão, será sempre esse amor desarrumado. é o destino dos dois..."

Ana Vicente disse...

Amei!!!
Lindo demais!!!!
Como faço pra ativar as visitas do meu blog?

Dayane Pereira disse...

Primeira vez que passo por aqui, e já amei!
Adoro pessoas com cultura!

Lury Sampaio disse...

Aaai, descrevestes como me sinto esses tempos... Sou um Pierrot que não desiste da Colombina, mesmo que ela só tenha olhos para Arlquins...
beeijo.

Guilherme Augusto Codignolle Souza disse...

Uma pena que sempre demoremos a reconhecer ser bem melhor nos deixar apaixonar por quem gosta da gnt... Ao invés de simplesmente escolher o melhor que conhecemos.

Triste é saber que quase sempre fazemos isso tarde demais.

Lindo...

http://codignolle.blogspot.com/

Henrique Miné disse...

acho que você anda escutando muito Los Hermanos, aha

Beeijo.

Marcela Alves disse...

auhahu Que carta fofa.. =)

*Natália* disse...

Caraca...

Adoreiii essa carta!!

Agora tem que rolar a resposta da Colombina, né ?

bom fds ;)

beijos

Tamara Lacerda disse...

A amizade é o melhor dos presentes!

Amei teu blog, tua palavra!
Você conseguiu me prender aqui. haha

beijão.

JaqueFonseca; disse...

É... demorô pro Pierrot virar macho. :)

bruno dumont. disse...

essa vida de pierrot é dura, menina.

poxa, que bom que você gostou de lá.
gostei também daqui, e vou ficando (que eu sou mesmo espaçoso).
(:

Maria Rita disse...

"E suas respostas vazias a qualquer tentativa minha de chamar sua atenção. Tem feito questão de transparecer que está-sem-saco-sem-animo-pra-me-ouvir-lhe-dizer-o-quão-maravilhosa-você-é."
Ah, porque de novo você conseguiu dizer o que me entala no meio do peito. É tão bem isso o que (minha) Colombina anda fazendo comigo.

Beijão!

Mali Melo disse...

Awn, muito lindo! Que amor lindo, enfeitado, realista. Amei esse amor.
"Amor mesmo é o que eu tenho crescendo em mim pra lhe dar, e você aí atrás de quem sequer lhe enxerga."
Muito fofo.
xx

Textos da Cri disse...

Amizade é o que se tem de mais lindo nesse mundo....e seria mais lindo ainda se as pessoas enxergassem melhor o amor do lado delas.....

Ahhh eu adoreiiii também, me deu vontade de despirocar também kkkkkk

beijos mocinhaaaaaaaaa

Carolina disse...

Olá!!!

Obrigada pelo comentário! Amei.
É muito bom quando as pessoas se sentem tocadas pelo que a gente escreve, né?

Adorei aqui tbm.

Voltarei mais vezes...

Beijos. :)

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

É tão gostoso-de-bom-de-mais ler essas palavras, sou previlegiado em acompanhar mesmo que só as vezes um blog como o seu!

Beijos Imundos...

Nathy disse...

Que linda suas palavras!

kaio rafael disse...

ahh, ok, por que eu não conheço a Colombina e Pierrot?

E o seu eu-lírico masculino tá muito bem construído. Eu colocaria alguns palavrões, mas é idiossincrasia minha, e eu sou homem, não conto.

Mas tá muito bom.
Cheguei a me perguntar se era seu mesmo o texto.
Faz tempos e tempos que não venho por aqui, aí já viu.

uashusahuash

(:

Beijo, Midlej. o/

@bellanogueiira disse...

"Te quero bem.
Pierrot"

Que lindo. Todo conto de amor fica bem com a Colombina e o Pierrot *--*
Beijos ;*

bellanogueiira.blogspot.com

Cacheada disse...

Lindaaa, Claro que eu lembrei e associei a...


Pierrot apaixonado chora pelo amor da coooooooooooooooolombina...
Pierrot, CHORA, pierrot CHORAA!!

;)

Gabriela Andrade disse...

Que texto doce e mais fofo de se ler. Juro que pensei que fosse de uma garota para um homem, só no meio me toquei e me derreti, haha. Coisas bobas de amor.
Gostei bastante do teu blog, um beijo!

ratoderua disse...

Resta saber o que que o Pierrot fez pra que a Colombina agisse dessa maneira, certo? Sempre bom analisar os dois lados...

Mas como toda mulher é meio complicada... Eu chamaria o Pierrot pra beber na Augusta e relaxar um pouco, consequentemente apresentando outras possíveis "Colombinas" até por que todo homem já foi Pierrot um dia e já sofreu por sua Colombina...