domingo, 22 de novembro de 2009

Luto

Foi rápido. Sempre é. ]
Era morte.
A danada chegou e nem avisou, e levou mais uma das poucas pessoas que não a merecem, fazendo outras tantas pessoas que não merecem, sofrerem.
No meio delas, a minha queridinha.
Eu queria poder dizer que a dor passa rápido, mas a gente sabe que não passa. Eu queria poder fazer o tempo voltar pra ela parar de chorar, mas nossa, quantas vezes eu quis fazê-lo, e não fiz...
Eu posso parecer uma boba falando isso, mas sempre sofro com o sofrimento de quem amo. Então sofri. Sofri baixinho, calada, sozinha. Porque eu não tinha esse direito. Meu papel era dizer ''Tudo vai ficar bem'', e fazê-la acreditar nisso. Assim como tentava eu mesma, acreditar.
Olhando pela janela, vi a chuva cair. Só havia notado a chuva cair de tristeza uma vez em toda a minha vida, e ninguém imagina como o céu chorou naquela noite.
O choro lá em cima, era de alegria. Aqui em baixo, de saudade. E em mim, de impotencia.
As coisas simplesmente acontecem, as pessoas simplesmente sofrem, se perdem em pedaços...morrem. E mesmo assim, por que é tão difícil aceitar?
Não consigo nem acreditar que perdemos tempo com bobagens, futilidades e o que chamamos de ''sofrimento''. Odeio quem ''sofre o tempo inteiro''.
E já fui assim. Mas hoje, ao ver o que vi, prefiro colorir esse buraco negro que há em mim.
''O que aconteceu, foi pra ensinar'', então o minimo que posso dizer é que aprendi.



23 comentários:

- maria elis disse...

eu também sofro com o sofrimento de quem eu amo. =/
e essa sensação de impotencia é pior que um punhal no coração, mas eu tenho certeza de que você fez muito pela pessoas, mesmo que você pense que não.
verdade, tem gente que 'sofre' demais e nem ao menos conhece o verdadeiro sofrimento u.u

beeijas má ;*

Bê Matos disse...

Naquele dia o sol não brilhou.
Nem a lua, nem as estrelas.
Só havia nuvens.
O céu chorou, de tristeza.

Não consigo nem acreditar que perdemos tempo com bobagens [2]

E serviu pra aprender, né? A dar valor a vida. Não se preocupar com bobagens, enquanto os dias passam, tão rápido, que nem notamos. :/

Preto é sofrimento. Sou eu, essa semana.

Obrigada, meu bem.
Beijo ♥

Marcelo Mayer disse...

ainda bem que aprendi a gostar só de mim

Little dreamer disse...

amor! adorei o teu scrap....ficou tao fofo dessa vez *-* hehehe
De cotume vc poe uma frase so resumindo tudo.
Aqui, como sempre, tudo lindo!

Silvana Nunes .'. disse...

Salve !
Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !
Silvana Nunes.'.canutes

Tatiane Trajano disse...

Sofrer com o sofrimento de quem amamos é sofrer duas vezes.
=/

Nine disse...

É...
triste, ter de munir-se de frases pré-formuladas, como se fossem palavras mágicas...E ainda ter de proferí-las, quando não se acredita muito em seu poder...
Triste ver alguém sofrer, e nãpo poder fazer nada para reverter o quadro...

Mas você aprendeu algo, e isso não é característico de alguém fraco.

beijo.

Lunna disse...

"O que aconteceu, foi pra ensinar", então o minimo que posso dizer é que aprendi.


Já sofri muito... e tbm aprendi... aprendi que sofrer é algo inevitável quando se vive...


P.S.: hein, gostei muito do seu blog... então, to seguiindo

;*

Teto. disse...

Achei o final muito válido.
Sei lá.. Acho que o post disse o que eu precisava ouvir dos meus amigos hoje.

Sofrer o tempo todo é jogar o tempo fora.

Axé xD

Desabafando disse...

Que triste isso...sofremos por tantas coisas, por tantas pessoas e com tantas pessoas nào? Mas espero que isso passe logo.

POrque nós vamos sim chegar lá e realizar nossos sonhos com muita alegria viu.

Lua disse...

Dar forças nessas horas de sofrimento é tudo o que a pessoa quer. Um ombro pra chorar e uma companhia pra nao se sentir tão sozinha. Isso vc ta fazendo e ta ajudando com certeza!

Boa semana e beijos

Erica Ferro disse...

Ah...
Morte me choca. :S

Não sei lidar muito com perdas inesperadas.

Beijo.

P.s: Eu ganhei em segundo lugar no blorkutando, haha. =p
Fico feliz que gostou do texto, coração. ;D

Marcel PH disse...

Eu aprendi que vc num deve sofrer pelo outro, só se solidarizar, pq se vc sofre pelo outro, não tem como vc apoiá-lo e suportá-lo. E aí seu amigo que precisa de ajuda num vai ganhar um ajuda tão grande de vc, pq vc num vai estar olhando as coisas de fora, racionalmente, mas sentimentalmente, pq vai estar sofrendo pelo outro. Num sei se consegui me fazer entender.

beijo

Mariana Andrade. disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH, FINALMENTE! te juro, devo ter tentado comentar aqui umas 15 vezes :S não sei o que deu no meu computador (virus pesadão, ér).
aah, meus olhos se encheram de lágrimas quando eu vi o textinho sobre a perda no blog da bê :\ difícil isso.. graças à Deus não passei por tantas perdas assim, pelo menos não irreparáveis. é duro, muito duro.
bonito da sua parte escrever algo assim, pensando nela (:

beeeeeeeijos, má. e o lay tá liindo (:

Tatah disse...

Sofrer é necessário, todo mundo sofre, e se evitar piora. Mas um dia, tudo passa...mas tem gente que quer ficar remoendo aquilo pra sempre, e isso sim é doença.
Gostei do blog!

Luna Cortez disse...

como disse a Tati, sofrer com a dor de um amigo, é sofrer duas vezes. eu tomo as dores.

acho linda a sua amizade com a Brenda.

beijos.

Noh Gomes disse...

Ola Má, obrigada pela visita, é muito bom esse afago de palavras, volte quando quiser.


No escuro dos meus olhos, havia sim sofrimento e lágrimas de despedida, é, foi assim. Quando ele se foi, tudo ficou preto, um ponto, mas o vento veio e junto com ele levou a dor. O buraco continuou ali, mas não com dor e sim com um vazio.

Escrevi isso no enterro do meu avó, ventou muito no dia e minha dor se foi, espero que a sua tb.


Beijos

Hosana Lemos disse...

nessas horas não há o que se dizer...
já perdi minha mãe, e naquele dia mesmo que não tenha caído gotas de chuva aqui dentro houve uma tempestade silenciosa.
é triste, doloroso...e só quem entende é quem passa.

beijos e fica bem.
=*

Natália Corrêa disse...

Sofrer é preto, mas sofrer com o sofrimento de quem se ama é branco. Pra iluminar todo esse preto.
Dor não passa rápido, não, mas dói menos quando se divide.

Pâmela Marques disse...

Lembrou minha saudade, minha dor. E o que senti sexta. É, dói.

Juliano disse...

Acho que a tendência é a gente sofrer mais com a dor de quem amamos, do com a nossa própria.

Beijooooos Má.!♥

Henrique Miné disse...

lembrei-me das palavras de dois sábios, Gandalf e Renato Russo.

o primeiro diz que há quem merece a vida, mais morre, da mesma maneira que quem merece a morte vive, completando, Renato disse que é estranho, mas os bons morrem antes.

E sabe, eles são sábios...Então, não cabe a mim dizer qualquer outra coisa.


beeeeijos.

Luh* disse...

E vivemos sofrendo, eu sofro com sofrimento de quem eu amo! sei lá, acho q acda um sab mostrar como se sente com tal situação.
beijos