terça-feira, 10 de novembro de 2009

De maria e brenda, para o mundo.

É amor que elas querem. Amor de verdade, amor possível.
Ninguém precisa aparecer em cavalo branco e levá-las prum castelo.
O que é real, é suficiente.


Lá estavamos, Brenda e eu, conversando sobre amores e desamores, quando surgiu em mim uma pergunta. E em nós, todas as respostas.


- E esse vazio em nós?

- É a falta de nós.
Falta a gente se querer. Querer bem, a mais ninguém, só a nós.
E depois, os de fora vão olhar nosso vazio - não como algo feio, triste. Mas lindo e pedido pra ser preenchido. E vão querer preencher
- Então eu tô esperando eu ser legal, divertida e atraente, aí sim eu me interesso por mim.
- Então, é só se deixar ser. Se deixar acontecer. É urgência, isso.
-O problema -em meu caso- é querer o impossivel. Eu olho pro céu e quero agarrar estrelas.
- As estrelas, no meu caso, se agarram nos meus cílios, fechando os olhos. Me fazendo sonhar.
Com o impossivel, também.Culpa das estrelas, então?
- Culpa do Sol que não aparece logo, pra esconder as estrelas...Eu quero um Sol.;
- Quero o verão, então.. Sol, sol, sol.E um espanador, ia bem. Pra tirar as estrelas dos olhos, e a poeira do coração.
-Quero o sol pra derreter o que congelou aqui.E quando eu acho to quente, esfriei toda de novo.
Porque não tem Sol. É isso Bê, precisamos do Sol.
- Uma dose de sol, por favor. Pra esquentar o que esfriou. Pra iluminar a escuridão.
Essa bola de fogo gigante, tem que servir pra alguma coisa. Mas sentimento é abstrato, Má.. isso resolve?
- Sentimento comigo é concreto. Porque eu sinto na pele. Sinto mesmo porque sou boba
A dor é de verdade. E o alívio - quando vem - também é.
- Sentimento comigo é água. Mole. Não dá pra segurar. E quando resolve chover, então..
Os olhos viram nuvens. E aqui entra o sol, mais uma vez.. Pra fazer as lágrimas evaporarem. Rápido, por favor.
- Sentimento é um moleque aprontador que brinca de pega-pega com meu coração.
Ele vem, vai, vem, vai. Corre, chuta, bate, grita e depois some.
Não pense que quando ele some é uma coisa boa também...
- É brincadeira de criança.De tanto correr e pular, acaba caindo. E se machuca. Coitado, não sabia até onde podia chegar.
- Coitada de mim que sinto o sentimento bem perto e não faço um movimento pra me esquivar.
-Nessas horas, a gente vira estátua. E deixa o sentimento nos atingir em cheio. Sem pestanejar. É sem sentido. Mas é assim que acontece. Com todo mundo.
- É por esperança que eu não me movo.É por achar que dessa vez, vai. Mas nunca fui.
- Deixo a esperança renascer, aqui dentro.Planto uma sementinha pequena, bem pequena.Cuido. Rego. Sol. Chuva. Calor. Aqueço.E quando ela começa a brotar, daquele jeito frágil..Pisam. Destroem.
-Meu jardim nunca cresce, sempre perece.
E eu fico com medo de acontecer de novo.
Não pense que medo me impede de plantar tudo outra vez.
Já mencionei que sou uma boba?
-Boba sonhadora.Já disse que sinto como se pudesse sonhar, outra vez?Me invadiu assim, esse sentimento bonito.
- Sonhar não é muito bom..aquilo nos dá liberdade pra imaginar e inventar.E de tanto me machucar, eu cansei.De inventar.Quero comprar pronto. Tem como comprar sonho pronto?
-Sonho pronto, só com goiabada dentro.Não gosto desses. Não me arrancam suspiros.Prefiro os que acontecem até mesmo acordada.Esses sim!Mas sonho não se compra.Acho que se pode encontrar.Escondido.Em uma outra pessoa, sabe?
- É, meu sonho sem goiaba dentro é uma pessoa.Mas, ou essa pessoa está bem acordada, ou seu sonho não sou eu.
- Quem sabe, ela pode estar sonhando acordada. Sonho bem sonhado é daqueles, com sentimento. Que quando se acorda, custa a acreditar que não foi verdade.
- E se contorce na cama, tentando sonhar de novo. É, já sonhei assim. Eu acordei sofrendo.
Nunca mais consegui sonhar de novo. E continuei sofrendo.
- Somos mazoquistas, sabia? Não adianta negar. O sonho nos fez sofrer, e ainda assim, queremos mais. E nos lamentamos por não ter.
- Pois então, Bê. Não é o sonho que nos faz sofrer. É o fim dele. Ou o não-começo, no meu caso.
- De um jeito ou de outro, sofremos. Sobre o que estamos conversando, mesmo?


- Sobre amor. Não é sempre sobre amor?
Somos duas malucas apaixonadas.
Apaixonadas por uma idéia.
O amor.

Paixão distante, essa. O amor mora longe.
Manda cartas, vez ou outra, prometendo voltar. Mas é uma espera interminável, o coração cansa.
Espera que machuca. E traz o medo, de esperar de novo.
..

18 comentários:

Bê Matos disse...

Prazer, sou a Brenda. -n
HAUEHAUEHU

Ai, ai.

Leandro disse...

oi menina!

O pior é que a foto que esta' no meu blog foi a unica da noite #fail

bjos

Pâmela Marques disse...

Menina, tive que chorar. Não me contive, perfeita definição do amor.

Marcelo Mayer disse...

h sempre o amor. sepre essa mentira que nos faz verdadeiros
amor, a mentira mais gostosa
a piada mais engraçada de Deus

ótimo diálogo.

Daniela disse...

Nossa, que lindo!Nem pisquei \o

"-O problema -em meu caso- é querer o impossivel. Eu olho pro céu e quero agarrar estrelas."

Falou por mim :DD

Beeijoos :*

Erica Ferro disse...

Conversas poéticas. ;)
Adoro-as.

Linda essa postagem.

Sempre é o amor!

Beijo, coração.

nuno' disse...

marry gostei ^^ que coincidênciaa os posts rs bju guxa x*

Henrique Miné disse...

esse é um dos posts mais "conceituais" (nem sei se essa palavra serve como definição de um post, mas enfim) que ja li.

E é esses que são os bons. De que adiantaria colocar que:
"esses dias andei conversando com uma amiga minha e, descobrimos que somos duas bobas apaixonadas".

daria quase na mesma, mas não seria tão foda.

Parabéns!

Lua disse...

Adorei a conversa, uma viagem sobre esse sentimento tão imenso em nós..

Beijoos ;D

Juliano disse...

Você é linda. E sim, eu acho que antes de esperarmos ser amados, temos é que nos amar.!

Beijoooooos Ma.!♥

Luna Cortez disse...

comentei lá na brenda.rs

disse: que mania besta essa nossa de ser apaixonada pelo amor né?rs

beijo-beijo Má.

Desabafando disse...

Nossa...amei essa conversa...amei esse texto...é triste ver pessoas pisando nas nossas plantinhas recem nascidas não? Mas temos que continuar seguindo em frente, replantando, recuperando o que pudermos delas e lançando novas sementes, até que uma delas vingará e dará bons frutos.

Também queria poder comprar meus sonhos prontos, seria tão mais fácil, entrar, escolher e sair feliz com o que eu tanto quero mas será que teria tanta graça? Será que não passaria de um brinquedo novo do qual enjoaríamos rapidamente?

"Sonho bem sonhado é daqueles, com sentimento. Que quando se acorda, custa a acreditar que não foi verdade." Quantas vezes já não tive sonhos assim...precisamos continuar acreditando neles e em nossas plantinhas. Não desista!
Acho que viajei no seu texto...rsrsrs...

Mariana Andrade. disse...

aaah, adorei isso. aheuahe tu e a bê conversando.. só podia dar nessa loucura toda aí. e o pior (ou melhor) é que continua fazendo e não fazendo sentido ao mesmo tempo, se é que me entendes..
isso ficou muito bom mesmo..

;*

Fii disse...

puta texto massa cara, ou conversa, sei lá dhaiuhdasuihdasuhdas
"- Sentimento comigo é água. Mole. Não dá pra segurar. E quando resolve chover, então.."
muito legal essa parte..
A grande questão é saber valorizar o tal amor se encontrar, é conseguir abrir os olhos.

Erica Vittorazzi disse...

Má, lindo texto!!!

Eu espero o Amor, assim com letra maiúscula, sem cavalo branco. E sonho acordada, dormindo. Agarro as estrelas e o sol. E não me trocaria por ninguém. É ótimo ser assim, mesmo com todas as cicatrizes. E sim, por último, sempre falamos de amor!

Bertonie disse...

O Sol só nos colore quando a gente quer, né? (:

Ana Flavya disse...

Precisamos estar bem com nós mesmos, pra poder mostrar pra outro alguém o quanto somos 'atraentes'

Adoro aqui *-*

Amanda O. disse...

Que coisa mais fofa!